Avaliação de desempenho: o que significa e como aplicar

Tempo de leitura: 9 minutos

Donos de pequenas e médias empresas (PME) precisam voltar sua atenção para o desempenho de seus funcionários. Sabendo que um dos seus papéis é desenvolver seus colaboradores, é imprescindível que você faça uso da avaliação de desempenho. Uma empresa é feita de pessoas e a avaliação de desempenho ajuda a montar um time de alta performance e consequentemente um time de sucesso.

Julgar que como dono você tem a função de atuar sozinho e comandar sem ouvir sua equipe é um erro que pode te levar ao fracasso, isso porque quando você tem uma equipe que está de acordo com seus ideais e prontos para buscar o sucesso junto a você, tudo começa a funcionar de uma forma mais assertiva.

O que é uma Avaliação de desempenho?

Você já pode até ter ouvido falar da importância da avaliação de desempenho, talvez saiba até como executa-la, no entanto, acredito que você possa não saber qual é a definição exata para o seu uso, não é mesmo?

A avaliação de desempenho é uma das mais importantes ferramentas usadas para gestão de pessoas e obtenção de melhores resultados. Isso porque, ela tem a função de analisar de uma forma extremamente objetiva o rendimento e o desempenho de seus funcionários, seja na forma individual ou da equipe como um todo.

Através do processo de avaliação de desempenho, o dono da pequena e média empresa consegue identificar problemas relacionados a diversas áreas e ainda, ser sinalizado do que não está funcionando muito bem em qualquer etapa do processo de execução. Isso é um fator muito importante, pois minimiza riscos no processo e ainda, lhe garante a economia de alguns milhões em reparos de erros.

A importância da avaliação de desempenho

Pensar que a avaliação de desempenho é mais uma dessas atividades lúdicas que você precisa ter para motivar sua equipe é ou apenas para pagar o bônus é um erro. A avaliação de desempenho tem fundamental importância na execução da estratégia da sua empresa pois permite um alinhamento com o colaborador do que está funcionando e do que não está funcionando, além de fazer com que você ou seus gestores se forcem a observar os comportamentos dos seus liderados.

O resultado da avaliação de desempenho de papel fundamental na cultura da sua empresa, pois ele fará com que você obtenha um caminho a se seguir. Por exemplo, em avaliações de desempenho individuais de funcionários, você conseguirá facilmente identificar quais as pessoas de seu time estão mais conectadas com os fundamentos de sua empresa e assim, torná-los peças chaves de motivação para os demais integrantes da equipe.

Caso o colaborador apresente um resultado insatisfatório, você terá a oportunidade de fazer um ajuste de rota, propor treinamento, trocá-lo de função , ou até mesmo dispensá-lo. Você ainda terá a oportunidade de entender onde a sua empresa falha em não propiciar um ambiente onde os colaboradores possam desabrochar e crescer.

É muito importante que a avaliação seja uma conversa de mão dupla, onde você também possa ouvir seu colaborador e dessa maneira , ter insights poderosos para o seu negócio, sua gestão e sua liderança.

Como fazer uma avaliação de desempenho?

Esclarecido o que é uma avaliação de desempenho, chegou o momento de saber como fazer a execução dessa tarefa, acredito que essa ação seja simples, porém será a interpretação de resultado que terá o ponto máximo de importância.

Costumo dividir a avaliação de desempenho em 3 etapas, sendo ela:

Avaliação do comportamento diário

Esse é um tipo de avaliação de desempenho que é feita de forma diária, pois você avalia o seu funcionário dia após dia, entendo quais as situações lhe causam desconforto e quais são agradáveis ao ponto dele querer repetir. Com essa metodologia de avaliação, você consegue acompanhar de perto seu desenvolvimento profissional, o seu relacionamento interpessoal, sua postura perante seus compromissos e quais são as suas limitações. Como isso, você consegue passar sempre um feedback atualizado a ele.

Identificando problemas

A segunda etapa será a avaliação quando os resultados não aparecem, para que assim, você consiga encontrar soluções assertivas para reverter esse quadro. É importante que você lembre-se sempre que o que está em pauta é a produtividade da empresa e não as suas opiniões, logo broncas e demissões não cabem nesse momento. O que você precisa é se colocar no papel de ouvinte para que você possa conversar e motivas sua equipe para que a mudança de postura aconteça dia após dia.

Avaliação formal

Pode ser 1 vez por ano, por semestre ou por trimestre, dependendo do tamanho e da estrutura da sua empresa. Você precisa deixar pré agendado uma data para fazer a avaliação de desempenho de todos os seus liderados. Reserve um tempo para isso, faça sem pressa, seja um bom ouvinte, mas principalmente fale o que precisa ser dito. Ninguém se desenvolve com tapinha nas costas e o feedback sincero é a melhor forma de gerar mudança no comportamento do seu colaborador. Estude o máximo que você puder sobre como dar um feedback, pois feito da maneira errada, ele mais atrapalha do que ajuda.

É preciso que você entenda que a avaliação de desempenho tem papel fundamental em seu resultado final. Isso porque, um funcionário acaba se motivando com pequenas coisas.

Se coloque no lugar dele e sinta exatamente o que ele sente. Para ser um líder de sucesso você irá precisar ter uma atitude sutil de sentir realmente as necessidades de seu time para que assim, possa agir de forma a sempre valorizar o trabalho de todos.

Acredito que até esse momento, todas as arestas sobre a avaliação de desempenho foram esclarecidas, não é mesmo? A partir de agora, quero lhe apresentar alguns erros cometidos na hora de executar esse tipo de avaliação.

Quero que você economize tempo e não cometa erros, pois dessa forma, você pode aplicar energia em outros setores da empresa que também demandam atenção.

Podemos começar?

Erros mais cometidos em uma avaliação de desempenho

Cometer erros é algo comum, principalmente, se estamos executando aquela tarefa pela primeira vez, no entanto, o que temos que tirar desses erros é a maturidade para que eles não sejam repetidos.

Aprender com os próprios erros é uma virtude para poucos, porém quando se fala em rendimentos, pode ser um fator primordial de uma liderança de qualidade e sucesso.

Erro 1: Não Fazer avaliação de desempenho

O primeiro erro que mais vejo ocorrer com donos de pequenas e médias empresas é achar que a avaliação de desempenho tem um papel secundário para o seu negócio e assim, nem se dar o trabalho de executá-la.

Entenda que sem as informações contidas nela, você ficará sem saber por qual caminho seguir e qual são os principais problemas que atormentam a vida de sua equipe.

Erro 2: Avaliação incorreta

O papel de avaliação de desempenho é gerar um maior aproveitamento das tarefas, no entanto, já pude me deparar com situações em que essa avaliação não trás nenhuma informação útil. Muito pelo contrário, ela apresenta informações tão obvias e rotineiras que não necessitária perder tempo para a execução.

Imagina o tamanho da frustação de sua equipe quando suas principais dores não conseguem ser compreendidas pelo seu líder, mesmo que ele tenha apresentado de todas as formas suas insatisfações e ideias.

Procure sempre detalhar e questionar as informações para que no final, você consiga chegar a um resultado, realmente, satisfatório.

Erro 3: Perfeição na avaliação

Achar que você vai fazer uma avaliação de desempenho e que tudo sairá perfeito, sem nenhuma reclamação ou objeção é ser muito fora da realidade ativa de um negócio.

Por mais que a empresa seja nossa e que tenhamos muito amor pelo que fazemos, precisamos entender que, assim como em toda organização, existem problemas e reclamações. Logo para melhorar essa insatisfação precisaremos trabalhar duro e sempre aliado com o nosso principal combustível, o nosso time, a linha de frente para a execução de alguma tarefa.

Valorize essas pessoas e dê ouvido ao que querem te dizer, pois isso lhe trará uma união e cumplicidade tão grande que a qualidade de vida empresarial mudará e muito.

Erro 4: Terminar a avaliação sem um plano de ação

Sempre que você termina a avaliação, você deve pedir para o seu colaborador que faça um plano de ação para os pontos em que ele precisa melhorar. Se mostre disponível para ajuda-lo. Valide o plano e faça um acompanhamento no dia a dia para ver se o colaborador está se empenhando em corrigir as deficiências.

Erro 5: Falta de reconhecimento

O reconhecimento é a maior necessidade de realização do ser humano. Reconheça os trabalhos bem feitos e os desempenhos alcançados. Elogie sempre que possível.

E será por aqui que iremos encerrar mais um conteúdo de muita qualidade! Espero que eu tenha conseguido te ajudar a entender a importância de fazer uma avaliação de qualidade para a sua empresa.

Te espero em uma próxima oportunidade e caso você queira me perguntar algo, escreva abaixo no comentário que vou te responder o mais breve possível.

Até logo.

CAPA ebook 2 - 7 passos para uma empresa autogerenciavel